Você está em: Notícias»Presidente da Câmara cobra consultas por demanda livre nas unidades de saúde

Presidente da Câmara cobra consultas por demanda livre nas unidades de saúde

Presidente da Câmara cobra consultas por demanda livre nas unidades de saúde
A realização de consultas por demanda livre nas unidades de saúde de Faxinal dos Guedes também foi tema na sessão da Câmara de Vereadores dessa segunda-feira (09). O assunto foi levantado pelo presidente do Legislativo, Lucas Gabriel Ramilo. Na oportunidade, o presidente destacou sobre as cobranças realizadas pelos vereadores e importância deste trabalho na comunidade faxinalense. Segundo ele, é necessário que sejam apuradas as irregularidades. – Para ser vereador acho que existe uma coisa muito importante: não podemos ter medo de parecer ridículo, porque é necessário, às vezes, ir contra um senso de maioria. A pessoa é ridicularizada, mas a luta é justa. Quem não está disposto a trilhar esse caminho, não pode ser vereador. Não pode ser homem público e temos exemplos disso no mundo inteiro. Quando falamos aqui sobre um assunto, às vezes mexe com muitos interesses, e mexendo em interesses, somos vitimados e caluniados e aguentamos a tudo em silêncio, porque sabemos que estamos cumprindo a nossa missão. Por isso, não temo a cobrança, não temo em ser mal entendido, porque o tempo é o senhor da razão. Com essas palavras quero dizer a questão da Prefeitura, com gastos com Covid, e dizer o seguinte: não é possível ter medo de fazer apurações, doa quem doer. Não é possível escolher lado em apurações. Há de ser imparcial, pois, assim como um precisa prestar contas o outro também. A questão das comissões, parabéns. Não teremos medo de fazer. Nós estamos em uma causa justa e continuaremos numa causa justa – disse Lucas. Sobre a realização de consultas por demanda livre nas unidades de saúde, o presidente destacou que essa foi uma promessa de campanha e precisa ser executado. – Veio recurso da saúde, a Secretaria disse que faria consultas em demanda livre, não fez. O povo de Faxinal dos Guedes está esperando. As mães que tiveram de levar seus filhos, agora tivemos o frio, o que mais recebemos é denúncias e pedidos da população sobre a demanda livre dos postos de saúde. É uma promessa de campanha, dinheiro não falta. Chegou a hora de começarmos a falar a verdade e não ter medo da verdade, porque precisamos de explicações. A demanda livre na saúde é urgente, é uma necessidade do povo. Não se pode falar as coisas na hora da campanha e depois não cumprir, estamos aqui para cobrar, em todos os lados, em todos os aspectos, doa quem doer – conclui.


© 2021 - Desenvolvido por Lancer